terça-feira, 20 de setembro de 2011

Portuguese Timor, Timor Colonial (1966)

7 comentários:

J Francisco Saraiva de Sousa disse...

A luta dos galos tão típica desta área cultural! :)

margarida disse...

:(

J Francisco Saraiva de Sousa disse...

Ai, Margarida, o Gertz tem um estudo fantástico sobre a luta de galos - ela reflecte muito o cinismo da área cultural que ele estudou - Bali.

J Francisco Saraiva de Sousa disse...

O Porto tem uma comunidade de timorenses simpáticos: eles gostam de Portugal e nós gostamos de Timor - eles sabem.

J Francisco Saraiva de Sousa disse...

Ah, e gostamos todos de comer frango assado ou de outro modo! :))

margarida disse...

Todos!!? Eu não como! Ainda assim, há diferenças entre promoção das lutas e o uso destes animais na alimentação. Bem, mas se nos lembrarmos das quintas onde se faz a sua criação em larga escala...então temos o eterno Treblinka, como afirma david Pearce. :(

J Francisco Saraiva de Sousa disse...

:)